Informativo Cidade - O Portal de Notícias de Taquarussu - MS

Cota para compra na fronteira sem impostos aumentará para US$ 500

Medida beneficia quem gosta de "dar um pulo" em Ponta Porã para visitar lojas no lado paraguaio
Cota para compra na fronteira sem impostos aumentará para US$ 500
Ponta Porã, município sul-mato-grossense na fronteira seca com Paraguai - Arquivo/Correio do Estado

Cota para compra na fronteira sem impostos aumentará para US$ 500

14/11/2019 18:21
Correio do Estado
Quem gosta de "dar um pulo" em Ponta Porã para fazer compras no lado paraguaio da fronteira poderá trazer mais produtos (ou itens mais caros) a partir do ano que vem, sem se preocupar em ser barrado pela fiscalização. O limite da isenção de impostos aumentará para US$ 500 por pessoa em janeiro de 2020.

Os novos valores foram publicados na edição desta quinta-feira (14) do Diário Oficial. A medida já havia sido anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), conforme a Agência Brasil. O governo também vai ampliar, a partir do próximo ano, o limite para compras em free shops, que vai passar dos atuais US$ 500 para US$ 1.000.

Free shops ou duty free shops são lojas localizadas em salas de embarque e desembarque de aeroportos brasileiros onde os produtos são vendidos sem encargos e tributos.

Há também o limite para compras no exterior, que é US$ 500. Assim, quem viaja ao exterior de avião poderá somar os limites, que totalizam US$ 1.500. Os valores acima das cotas de isenção podem ser tributados pela Receita Federal.


https://www.informativocidade.com.br/noticia/cota-para-compra-na-fronteira-sem-impostos-aumentara-para-us-500

OUVIR NOTÍCIA

Quem gosta de "dar um pulo" em Ponta Porã para fazer compras no lado paraguaio da fronteira poderá trazer mais produtos (ou itens mais caros) a partir do ano que vem, sem se preocupar em ser barrado pela fiscalização. O limite da isenção de impostos aumentará para US$ 500 por pessoa em janeiro de 2020.

Os novos valores foram publicados na edição desta quinta-feira (14) do Diário Oficial. A medida já havia sido anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), conforme a Agência Brasil. O governo também vai ampliar, a partir do próximo ano, o limite para compras em free shops, que vai passar dos atuais US$ 500 para US$ 1.000.

Free shops ou duty free shops são lojas localizadas em salas de embarque e desembarque de aeroportos brasileiros onde os produtos são vendidos sem encargos e tributos.

Há também o limite para compras no exterior, que é US$ 500. Assim, quem viaja ao exterior de avião poderá somar os limites, que totalizam US$ 1.500. Os valores acima das cotas de isenção podem ser tributados pela Receita Federal.

Fonte

Correio do Estado

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Geral
Mulher desaparece nas águas do Rio Baia ao cair de Jeti-Ski
Mulher desaparece nas águas do Rio Baia ao cair de Jeti-Ski
VISUALIZAR
Policial
PMA de Batayporã não encontra pescadores em 36 horas de fiscalização, mas retira 26...
PMA de Batayporã não encontra pescadores em 36 horas de fiscalização, mas retira 26 anzóis de galho em rios
VISUALIZAR
Geral
Sequência de luzes luminosas são vista no céu de Taquarussu
Sequência de luzes luminosas são vista no céu de Taquarussu
VISUALIZAR
Policial
Equoterapia recebe doação em Nova Andradina
Equoterapia recebe doação em Nova Andradina
VISUALIZAR
Geral
Brad Williams arrecada R$800 mil pra levar garoto que sofreu bullying à Disney
Brad Williams arrecada R$800 mil pra levar garoto que sofreu bullying à Disney
VISUALIZAR
Geral
Produtoras do P.A. Bela Manhã de Taquarusu participam do encerramento da “Oficina mãos que...
Produtoras do P.A. Bela Manhã de Taquarusu participam do encerramento da “Oficina mãos que fazem acontecer”
VISUALIZAR
Fale com a redação!