Informativo Cidade - O Portal de Notícias de Taquarussu - MS

Publicidade



Diagnosticado com dengue, morre sargento que comandava Guarda do Cijus

É o segundo militar que morre por dengue

A Polícia Militar emitiu nota lamentando o falecimento do sargento Álvaro Portela de Siqueira, 60 anos, ele morreu nesse sábado (27), no Hospital da Santa Casa, após complicações na saúde. Informações são de que ele estava em tratamento médico após ser diagnosticado com dengue.

O falecimento se deu devido a problemas de saúde que levou a falência múltiplas dos órgãos. Conforme informações da Ame (Associação dos Militares Estaduais de Mato Grosso do Sul), o sargento estava em tratamento médico diagnosticado com dengue e faleceu vítima de complicações da doença. No início do mês de abril, o soldado da Polícia Militar Estéfano José Cervelati, de 41 anos também morreu após apresentar sintomas de dengue hemorrágica.

Conforme a nota, o policial militar atuou muitos anos em Campo Grande e atualmente compunha o Corpo Voluntário de Militares da Reserva Remunerada e tinha como atribuição o Comando da Guarda do Cijus (Centro Integrado de Justiça) do Tribunal de Justiça de MS. Ele ingressou nas fileiras da Polícia Militar em 1° de julho de 1984.

Sargento Portela trabalhou em diversas unidades operacionais da corporação, dentre elas DOF (Departamento de Operações de Fronteira), Companhia de Rádio Patrulha, 9ºBPM e Pelotão do Coophasul.

O velório teve início às 20h no cemitério Jardim da Palmeiras, na Avenida Tamandaré, Jardim Seminário, onde também ocorre o sepultamento.

O Comandante-Geral da Polícia Militar, coronel Waldir Ribeiro Acosta em nome de toda a instituição se solidarizou e colocou o Fundo de Assistência Feminina da Polícia Militar de MS a disposição da família para dar todo o apoio necessário. *(Foto do policial removida a pedido da família)

Fonte

midiamax
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Diagnosticado com dengue, morre sargento que comandava Guarda do Cijus

midiamax

A Polícia Militar emitiu nota lamentando o falecimento do sargento Álvaro Portela de Siqueira, 60 anos, ele morreu nesse sábado (27), no Hospital da Santa Casa, após complicações na saúde. Informações são de que ele estava em tratamento médico após ser diagnosticado com dengue.

O falecimento se deu devido a problemas de saúde que levou a falência múltiplas dos órgãos. Conforme informações da Ame (Associação dos Militares Estaduais de Mato Grosso do Sul), o sargento estava em tratamento médico diagnosticado com dengue e faleceu vítima de complicações da doença. No início do mês de abril, o soldado da Polícia Militar Estéfano José Cervelati, de 41 anos também morreu após apresentar sintomas de dengue hemorrágica.

Conforme a nota, o policial militar atuou muitos anos em Campo Grande e atualmente compunha o Corpo Voluntário de Militares da Reserva Remunerada e tinha como atribuição o Comando da Guarda do Cijus (Centro Integrado de Justiça) do Tribunal de Justiça de MS. Ele ingressou nas fileiras da Polícia Militar em 1° de julho de 1984.

Sargento Portela trabalhou em diversas unidades operacionais da corporação, dentre elas DOF (Departamento de Operações de Fronteira), Companhia de Rádio Patrulha, 9ºBPM e Pelotão do Coophasul.

O velório teve início às 20h no cemitério Jardim da Palmeiras, na Avenida Tamandaré, Jardim Seminário, onde também ocorre o sepultamento.

O Comandante-Geral da Polícia Militar, coronel Waldir Ribeiro Acosta em nome de toda a instituição se solidarizou e colocou o Fundo de Assistência Feminina da Polícia Militar de MS a disposição da família para dar todo o apoio necessário. *(Foto do policial removida a pedido da família)