Informativo Cidade - O Portal de Notícias de Taquarussu - MS

Reportagem da EBC volta a Mariana quase 4 anos após tragédia

eportagem da EBC volta a Mariana
Reportagem da EBC volta a Mariana quase 4 anos após tragédia
Tomaz Silva/Agência Brasil

Reportagem da EBC volta a Mariana quase 4 anos após tragédia

17/07/2019 10:40
agenciabrasil

A tarde de 5 de novembro de 2015 jamais será esquecida pelos moradores de Bento Rodrigues, subdistrito localizado a 35 km do centro de Mariana (MG). O local foi o mais atingido pelos 39 milhões de metros cúbicos de rejeitos vindos da barragem de Fundão da mineradora Samarco. A tragédia deixou um saldo de 19 mortos. A destruição ambiental atingiu, além de Bento Rodrigues, as comunidades de Paracatu e Gesteira e uma bacia hidrográfica que chega a 230 municípios de Minas Gerais e Espírito Santo.

A destruição causada pela lama resultou, ainda, em centenas de desabrigados. A maioria espera uma solução da Fundação Renova, entidade criada para administrar todas as ações de reparação da tragédia. Seja por reassentamento ou recuperação da propriedade.

É o caso do Wilson dos Santos, de 73 anos, que perdeu casa, cabeças de gado e plantações. Como a maioria dos moradores locais.

Mais de três anos e oito meses após a tragédia, ele e outros moradores aguardam uma solução. A entrega de 240 casas em Bento Rodrigues, prevista para este ano, vai atrasar. Em Paracatu e Gesteira, as obras ainda nem começaram. A equipe da Agência Brasil visitou a região e mostra como atingidos lutam para recuperar a vida que levavam antes da tragédia.


https://www.informativocidade.com.br/noticia/reportagem-da-ebc-volta-a-mariana-quase-4-anos-apos-tragedia

OUVIR NOTÍCIA

A tarde de 5 de novembro de 2015 jamais será esquecida pelos moradores de Bento Rodrigues, subdistrito localizado a 35 km do centro de Mariana (MG). O local foi o mais atingido pelos 39 milhões de metros cúbicos de rejeitos vindos da barragem de Fundão da mineradora Samarco. A tragédia deixou um saldo de 19 mortos. A destruição ambiental atingiu, além de Bento Rodrigues, as comunidades de Paracatu e Gesteira e uma bacia hidrográfica que chega a 230 municípios de Minas Gerais e Espírito Santo.

A destruição causada pela lama resultou, ainda, em centenas de desabrigados. A maioria espera uma solução da Fundação Renova, entidade criada para administrar todas as ações de reparação da tragédia. Seja por reassentamento ou recuperação da propriedade.

É o caso do Wilson dos Santos, de 73 anos, que perdeu casa, cabeças de gado e plantações. Como a maioria dos moradores locais.

Mais de três anos e oito meses após a tragédia, ele e outros moradores aguardam uma solução. A entrega de 240 casas em Bento Rodrigues, prevista para este ano, vai atrasar. Em Paracatu e Gesteira, as obras ainda nem começaram. A equipe da Agência Brasil visitou a região e mostra como atingidos lutam para recuperar a vida que levavam antes da tragédia.

Fonte

agenciabrasil

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Esporte
Está acontecendo agora em Taquarussu Treino Velocross
Está acontecendo agora em Taquarussu Treino Velocross
VISUALIZAR
Policial
Filhos investigam, descobrem que pai matou a mãe em SC há 37 anos e denunciam crime em MT
Filhos investigam, descobrem que pai matou a mãe em SC há 37 anos e denunciam crime em MT
VISUALIZAR
Cidades
Temporal com vento forte e chuva de granizo causa estragos na fronteira
Temporal com vento forte e chuva de granizo causa estragos na fronteira
VISUALIZAR
Geral
Maioria do STF considera inconstitucional corte de salário de servidor
Maioria do STF considera inconstitucional corte de salário de servidor
VISUALIZAR
Meio Ambiente
Queimada na reserva do Assentamento Bela Manhã em Taquarussu atinge aproximadamente 50...
Queimada na reserva do Assentamento Bela Manhã em Taquarussu atinge aproximadamente 50 hectares
VISUALIZAR
Policial
POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO NO MATO GROSSO DO SUL
POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO NO MATO GROSSO DO SUL
VISUALIZAR
Fale com a redação!