Sexta, 20 de abril de 2018

Publicidade

Parceiro
Parceiro

Notícia

Terceirizada atrasa pagamentos e vigilantes do Detran-MS fazem greve

jornalista-jamilson Bispo

Publicidade

Nome do anunciante aqui!

Os vigilantes e seguranças do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) começam a organizar uma greve na manhã desta sexta-feira (13). Os trabalhadores são terceirizados pelas empresas MG Segurança e Disp Luger e reclamam de atrasos no pagamento dos salários e do ticket alimentação, além de férias acumuladas.

Celso Gomes da Rocha, presidente do Seesvig (Sindicato dos Empregados de Empresas de Segurança), explica que os trabalhadores querem que o Detran pressione e fiscalize as empresas contratadas.

“O que o sindicato quer é que o Detran cobre das empresas que elas paguem em dia o salário, ticket, férias, recolhimento de FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e INSS (Instituto Nacional do Seguro Social”.

O presidente do sindicato ressalta que além dos atrasos, as empresas não fornecem a ‘reciclagem’ dos trabalhadores.

“Quando o funcionário se forma, a cada dois anos deve passar por um novo treinamento, mas o que acontece é que tem vigilante trabalhando armado e com a reciclagem vencida”, explica. Celso Gomes da Rocha afirma que a greve deve atingir cidades do interior, mas foi adiada porque os pagamentos foram feitos ontem.

Em Campo Grande, a mobilização marcada para acontecer no Detran, na saída para Rochedo, ainda é fraca.

O presidente explica que os trabalhadores foram pressionados pela empresa a não participar e que a adesão ainda é pequena, mas deve aumentar nos próximos dias caso não haja negociação.

“São de 150 a 200 vigilantes que trabalham no Detran, a greve começa partir de hoje e quanto tempo vai durar a ainda é indeterminado, será até que o Detran assuma o compromisso com os funcionários”.

Segundo Celso, o movimento será pacífico e a estratégia dos próximos dias é de convencer a maioria dos vigilantes a aderir a causa. O Jornal Midiamax entrou em contato com as empresas terceirizadas e com o Detran, e aguarda posicionamento.

Ações trabalhistas

Até o ano passado, uma das empresas terceirizadas envolvidas, a Disp Luger respondia por diversos processos judiciais de trabalhadores que atuam não só no Detran, como nos Correios.

Levantamento divulgado em julho de 2017 no site do MPT-MS (Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul) mostrou que a empresa foi alvo de 21 procedimentos na Procuradoria do Trabalho

Fonte(s)

Midiamax(Foto: Seesvig)
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Publicidade

Nome do anunciante aqui!

Veja também

CONSELHO TUTELAR E CRAS REALIZAM CAMPANHA CONTRA AS DROGAS!!!
19 Abr

CONSELHO TUTELAR E CRAS REALIZAM CAMPANHA CONTRA AS DROGAS!!!

Mais um evento concluído com Sucesso pela Rede de Taquarussu-MS!

Famílias de Taquarussu através do Lote Urbanizado e FGTS realizarão o sonho da casa própria
18 Abr

Famílias de Taquarussu através do Lote Urbanizado e FGTS realizarão o sonho da casa...

Taquarussu

APA FEDERAL DO RIO PARANÁ E PARQUE NACIONAL DE ILHA GRANDE FORMARÃO UM CONSELHO UNIFICADO
18 Abr

APA FEDERAL DO RIO PARANÁ E PARQUE NACIONAL DE ILHA GRANDE FORMARÃO UM CONSELHO...

Meio Ambiente

Direção administrativa do Hospital Municipal de Taquarussu realiza reunião com funcionários
18 Abr

Direção administrativa do Hospital Municipal de Taquarussu realiza reunião com...

Hospital Municipal

MAIS NOTÍCIAS

Publicidade

Parceiro
Nome do anunciante
Parceiro
Nome do anunciante
Parceiro
Nome do anunciante